Quem Somos2019-12-11T16:56:18-03:00

Somos hoje fabricantes de:

Trabalhamos para fazer o futuro nos produtos estirênicos, resinas, filmes de polipropileno, laminados plásticos em bobinas e tampas plásticas.

A Innova opera duas plantas industriais de alta tecnologia no Polo Industrial de Manaus (AM) e uma situada no Polo Petroquímico de Triunfo (RS).

A Unidade I, em Manaus (AM), produz filmes plásticos de polipropileno biorientado (BOPP), laminados plásticos em bobinas de poliestireno (PS) e polipropileno (PP), bem como tampas plásticas para águas minerais, sucos e refrigerantes.

A Unidade II, em Triunfo (RS) é a única petroquímica no país a integrar, numa mesma planta industrial, a produção do etilbenzeno (EB), monômero de estireno (SM), tolueno, poliestirenos cristal (GPPS) e de alto impacto (HIPS), bem como o poliestireno expansível (EPS). Ela sedia também o Centro de Tecnologia em Estirênicos (CTE), referência nacional na produção de patentes no segmento. Lá podem ser reproduzidas as mesmas condições de trabalho utilizadas pelos clientes da Innova;

A Unidade IV, em Manaus (AM), é uma petroquímica que produz os poliestirenos GPPS (para uso geral) e HIPS (de alto impacto) em suas variações ou, como são comumente chamados, grades;

O QG comercial, administrativo e financeiro da Innova está em Alphaville, Barueri (SP).

A Companhia produz, assim, itens chave na cadeia de transformação de plásticos.

Fitas sob medida: a grande chance numa ideia simples.

Fitas magnéticas produzidas no comprimento suficiente para a gravação, sem desperdício de matéria-prima: a Videolar nasce em 1988 trazendo o conceito capaz de gerar uma enorme economia de escala e competitividade.

Detalhe: isso acontece na cidade gaúcha de Caxias do Sul, a nada menos do que mil quilômetros de São Paulo, epicentro do consumo e sede de praticamente todas as distribuidoras de vídeo, das chamadas majors norte-americanas às independentes.

Em São Paulo, a Videolar desenvolve as atividades de tradução, legendagem e masterização dos filmes.

1988

1988

Fitas sob medida: a grande chance numa ideia simples.

Fitas magnéticas produzidas no comprimento suficiente para a gravação, sem desperdício de matéria-prima: a Videolar nasce em 1988 trazendo o conceito capaz de gerar uma enorme economia de escala e competitividade.

Detalhe: isso acontece na cidade gaúcha de Caxias do Sul, a nada menos do que mil quilômetros de São Paulo, epicentro do consumo e sede de praticamente todas as distribuidoras de vídeo, das chamadas majors norte-americanas às independentes.

Em São Paulo, a Videolar desenvolve as atividades de tradução, legendagem e masterização dos filmes.

1989

A fábrica no Polo Industrial de Manaus: preparando o futuro.

A  Videolar transfere à capital paulista o laboratório de duplicação, agora operando integrado às áreas de legendagem e masterização. Leva também seus principais colaboradores. Implanta sua primeira fábrica no Polo Industrial de Manaus.

Estão lançadas as bases da indústria que, do ponto de vista da infraestrutura, vai escrever a história do home vídeo no Brasil.

É lançada ao segmento do varejo a marca Nipponic de fitas virgens VHS.

Logística de distribuição: primeiros passos.

A Companhia passa a operar toda a logística de distribuição física das fitas da CIC Vídeo (Paramount/Universal).

1991

1991

Logística de distribuição: primeiros passos.

A Companhia passa a operar toda a logística de distribuição física das fitas da CIC Vídeo (Paramount/Universal).

1992

Áudios cassetes: início das gravações.

A Videolar passa a fabricar e gravar fitas cassete de áudio.

É lançada ao segmento do varejo a marca Nipponic de áudio cassetes virgens.

A ASSOCIAÇÃO À VAT.

A Videolar se associa à empresa Vídeo Áudio Tape do Amazonas S.A. (VAT).

1993

1993

A ASSOCIAÇÃO À VAT.

A Videolar se associa à empresa Vídeo Áudio Tape do Amazonas S.A. (VAT).

1994

O LANÇAMENTO DO CD ÁUDIO & CD ROM.

A Videolar passa a produzir as mídias CD áudio e CD ROM.

OS DISQUETES DE 3 ½ POLEGADAS.

Lançados os disquetes no formato de 3 ½ polegadas.

1995

1995

OS DISQUETES DE 3 ½ POLEGADAS.

Lançados os disquetes no formato de 3 ½ polegadas.

1997

ALPHAVILLE, SÃO PAULO: NOVO QG E CORAÇÃO DO MERCADO.

Inaugurada as novas instalações em Alphaville, Barueri (SP), com 25.000 m2 de área construída.

A Videolar passa também a disponibilizar espaços físicos para sediar os escritórios das empresas do mercado de vídeo.

FAZENDO NASCER A ERA DVD.

A Videolar inicia a fabricação e replicação dos DVDs: nova era de crescimento (e complexidade de operação) sem precedentes.

1998

1998

FAZENDO NASCER A ERA DVD.

A Videolar inicia a fabricação e replicação dos DVDs: nova era de crescimento (e complexidade de operação) sem precedentes.

2000

O LANÇAMENTO DO CD-R: MÍDIA GRAVÁVEL.

A Videolar lança a mídia gravável CD-R: aprimoramento da tecnologia na armazenagem de dados.

POLIESTIRENO: CARTADA PETROQUÍMICA.

A Videolar inaugura sua fábrica de poliestireno no Polo Industrial de Manaus, com capacidade inicial de 120.000 toneladas/ano. A Companhia passa agora a fabricar a resina (antes importada), matéria-prima essencial aos seus estojos. E mais:

O poliestireno tem forte demanda por diversos segmentos da indústria instaladas no Polo Industrial de Manaus, da linha branca à eletroeletrônica, passando pelo segmento de materiais de escritório, entre outros.

2002

2002

POLIESTIRENO: CARTADA PETROQUÍMICA.

A Videolar inaugura sua fábrica de poliestireno no Polo Industrial de Manaus, com capacidade inicial de 120.000 toneladas/ano. A Companhia passa agora a fabricar a resina (antes importada), matéria-prima essencial aos seus estojos. E mais:

O poliestireno tem forte demanda por diversos segmentos da indústria instaladas no Polo Industrial de Manaus, da linha branca à eletroeletrônica, passando pelo segmento de materiais de escritório, entre outros.

2003

O LANÇAMENTO DO DVD-R (GRAVÁVEL) E DO CD-RW (REGRAVÁVEL).

A Videolar passa a produzir esses novos modelos de discos ópticos.

Implanta o sistema SAP- R3.

Investe na projeção da marca Nipponic, referência em mídias virgens nas suas várias modalidades.

DISTRIBUIÇÃO: A SAGA LOGÍSTICA.

No ápice do mercado de mídias digitais, a Videolar inaugura um centro de distribuição com 12.500 m2, plenamente informatizado, no Polo Industrial de Manaus.

A Unidade recebe o nome do empreendedor Michel Wojdyslawski e tem capacidade para 12 milhões de produtos acabados.

A Companhia é reconhecida como uma das trinta mais empreendedoras do país pela Revista Exame, em parceria com o IBIE (Instituto Brasileiro de Intraempreendedorismo).

2004

2004

DISTRIBUIÇÃO: A SAGA LOGÍSTICA.

No ápice do mercado de mídias digitais, a Videolar inaugura um centro de distribuição com 12.500 m2, plenamente informatizado, no Polo Industrial de Manaus.

A Unidade recebe o nome do empreendedor Michel Wojdyslawski e tem capacidade para 12 milhões de produtos acabados.

A Companhia é reconhecida como uma das trinta mais empreendedoras do país pela Revista Exame, em parceria com o IBIE (Instituto Brasileiro de Intraempreendedorismo).

2005

VIDEOLAR.COM: A ESTREIA NO COMÉRCIO ELETRÔNICO.

A Videolar adquire os ativos da Somlivre.com e inicia as vendas diretas ao consumidor final, via internet e telemarketing.

Nasce o portal Videolar.com, um projeto concebido em todos os detalhes de TI, logística e pós-vendas para fazer face às melhores projeções. E isso de fato aconteceu: no primeiro mês, um milhão de visitantes e vendas para dezessete países.

No mesmo ano, a Videolar é eleita como melhor empresa do setor de plásticos e borracha pelo prêmio “As Melhores da Dinheiro” (concedido pela revista Isto É Dinheiro). Ganha também o primeiro lugar em Gestão de Recursos Humanos e Financeiro.

EMTEC: MARCA FORTE EM MÍDIAS VIRGENS.

Os produtos Emtec em mídias virgens  se incorporam à linha comercializada pela Videolar.

O portal Videolar.com passa a atender clientes em todos os continentes.

2006

2006

EMTEC: MARCA FORTE EM MÍDIAS VIRGENS.

Os produtos Emtec em mídias virgens  se incorporam à linha comercializada pela Videolar.

O portal Videolar.com passa a atender clientes em todos os continentes.

2007

QUADRUPLICANDO A PRODUÇÃO.

Após sucessivos investimentos, é atingido o marco de 1,5 milhão de mídias virgens produzidas por dia: o quádruplo da capacidade inicial, tornando a Videolar maior fabricante da América Latina.

A Companhia passa a fazer parte de um grupo de quinhentas empresas em quarenta países, unidas para combater a pirataria e defender a propriedade intelectual. Obtém a certificação antipirataria do CDSA__ Content Delivery and Storage Association.

O LANÇAMENTO DOS MEMORY CARDS SD E MICRO SD.

A marca Emtec inicia a expansão de sua linha de produtos com o lançamento de periféricos, memory cards SD e memory cards Micro SD.

2008

2008

O LANÇAMENTO DOS MEMORY CARDS SD E MICRO SD.

A marca Emtec inicia a expansão de sua linha de produtos com o lançamento de periféricos, memory cards SD e memory cards Micro SD.

2009

A EXPANSÃO E AFIRMAÇÃO DA MARCA NIPPONIC.

A marca Nipponic se afirma e segue a expansão de seu portfólio com o lançamento do BD-R (Blu-ray Disc gravável), mini DVD-R (gravável), memory cards SD e memory cards micro SD.

BLU-RAY: MAIS UM HORIZONTE.

Tem início a fabricação e replicação do Blu-Ray.

2010

2010

BLU-RAY: MAIS UM HORIZONTE.

Tem início a fabricação e replicação do Blu-Ray.

2011

A FABRICAÇÃO DAS TAMPAS PLÁSTICAS.

Uma nova fábrica é implantada para produzir tampas plásticas por termoformagem, atendendo aos mais prestigiados fabricantes de água mineral e refrigerantes.

Cresce a linha de flash drives com modelos exclusivos da família Looney Tunes (Warner Bros), bem como mini flash drives.

A FABRICAÇÃO DOS FILMES PLÁSTICOS DE BOPP (POLIPROPILENO BIORIENTADO).

A Videolar dá início à fabricação dos filmes plásticos de polipropileno: BOPP (polipropileno biorientado) e PP CAST (polipropileno mono orientado), ambos utilizados por inúmeros segmentos da indústria, principalmente o de embalagens alimentícias.

A Companhia encerra as operações do comércio eletrônico.

Transfere as operações com mídias gravadas para a subsidiária AMZ Mídia Industrial S.A.

2012

2012

A FABRICAÇÃO DOS FILMES PLÁSTICOS DE BOPP (POLIPROPILENO BIORIENTADO).

A Videolar dá início à fabricação dos filmes plásticos de polipropileno: BOPP (polipropileno biorientado) e PP CAST (polipropileno mono orientado), ambos utilizados por inúmeros segmentos da indústria, principalmente o de embalagens alimentícias.

A Companhia encerra as operações do comércio eletrônico.

Transfere as operações com mídias gravadas para a subsidiária AMZ Mídia Industrial S.A.

2013

VIDEOLAR: 25 ANOS.

A Videolar celebra seus vinte e cinco anos com quatro unidades industriais implantadas em Manaus, além do QG em Alphaville, Barueri (SP). Dois mil colaboradores compõem seus quadros.

A Companhia encerra atividades no segmento das mídias virgens (CD-R, DVD-R, Blu-ray) sob os efeitos nefastos da importação subfaturada.

Um feito histórico: é dado início à compra da Innova Petroquímica, desejo acalentado desde 1999.

A AQUISIÇÃO DA INNOVA PETROQUÍMICA.

A Videolar encerra a produção das mídias gravadas, sob forte influência da concorrência desleal da pirataria.

O CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprova a aquisição da Innova S.A., petroquímica do Rio Grande do Sul, referência nacional nos negócios do estireno e notável pela sua vocação à pesquisa e desenvolvimento.

Videolar e Innova fabricam o poliestireno, respectivamente em Manaus e Triunfo (RS), nos dois extremos do país, com capacidade de atender o país de forma regionalizada. A produção do monômero de estireno (SM) pela Innova se integra ao processo. A Videolar segue escrevendo seu futuro, voltada aos negócios do estireno, filmes plásticos e transformados plásticos.

2014

2014

A AQUISIÇÃO DA INNOVA PETROQUÍMICA.

A Videolar encerra a produção das mídias gravadas, sob forte influência da concorrência desleal da pirataria.

O CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprova a aquisição da Innova S.A., petroquímica do Rio Grande do Sul, referência nacional nos negócios do estireno e notável pela sua vocação à pesquisa e desenvolvimento.

Videolar e Innova fabricam o poliestireno, respectivamente em Manaus e Triunfo (RS), nos dois extremos do país, com capacidade de atender o país de forma regionalizada. A produção do monômero de estireno (SM) pela Innova se integra ao processo. A Videolar segue escrevendo seu futuro, voltada aos negócios do estireno, filmes plásticos e transformados plásticos.

2015

VIDEOLAR-INNOVA S/A: UMA SÓ COMPANHIA.

Encerrada a atividade de fabricação dos estojos plásticos. A Videolar efetiva formalmente a incorporação da Innova. A nova companhia passa a se chamar Videolar-Innova S/A.

Fruto do desempenho em 2014, alcançamos a primeira posição no ranking Química e Petroquímica do anuário Exame, Melhores & Maiores. Um prêmio com critérios tão rigorosos quanto objetivos e detalhados, praticados ao longo de nada menos que quarenta e duas edições. Ele que equivale a uma chancela única de qualidade e desempenho, tendo sido avaliadas as mil maiores empresas do país em quesitos como crescimento das vendas,  liquidez corrente, rentabilidade do patrimônio, liderança de mercado e produtividade por empregado.

NEWCELL, POLIESTIRENO EXPANSÍVEL (EPS): NOVA RESINA INNOVA.

Lançada a marca Newcell para o poliestireno expansível (EPS).

Um evento de visitação seguido de churrasco na Unidade II, em Triunfo (RS), com grande cobertura da imprensa, trouxe clientes de todo o Brasil, bem como autoridades federais e estaduais, como o Governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori e o Ministro da Indústria, Comércio e Serviços, Marcos Antônio Pereira.

Newcell é direcionado a uma gama segmentos que vão da indústria de embalagens à construção civil.

2016

2016

NEWCELL, POLIESTIRENO EXPANSÍVEL (EPS): NOVA RESINA INNOVA.

Lançada a marca Newcell para o poliestireno expansível (EPS).

Um evento de visitação seguido de churrasco na Unidade II, em Triunfo (RS), com grande cobertura da imprensa, trouxe clientes de todo o Brasil, bem como autoridades federais e estaduais, como o Governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori e o Ministro da Indústria, Comércio e Serviços, Marcos Antônio Pereira.

Newcell é direcionado a uma gama segmentos que vão da indústria de embalagens à construção civil.

2017

MEMORIAL VIDEOLAR, MANAUS: NOSSO LEGADO EM EXPOSIÇÃO.

A Companhia elege o nome Innova para seus produtos e negócios e anuncia a duplicação de sua fábrica de monômero de estireno na Unidade II (Triunfo, RS) , com investimento de R$ 500 milhões. Iniciam-se também as obras para a nova planta de poliestireno expansível (EPS) Newcell, apenas um ano após o lançamento dessa marca própria.

Na Unidade I (Manaus, AM), tem início a implantação da terceira linha de produção dos filmes plásticos de polipropileno biorientado (BOPP). Lá também é inaugurado o Memorial Videolar Manaus. Ao longo das paredes, os painéis  da Linha do Tempo se apoiam sobre uma trilha formada por prateleiras luminosas com todos os produtos já fabricados pela Companhia. Ao centro, é reproduzido o chão de fábrica, com as máquinas que fabricavam fitas VHS, áudio cassetes, CDs e DVDs, além de belíssimos moldes em aço para injeção plástica.

30 ANOS DE INVESTIMENTOS INTENSIVOS

A Companhia comemorou em 2018 seus 30 anos ao mesmo estilo de sempre: investindo intensivamente na ampliação de todas as áreas produtivas, com destaque para a duplicação da planta de monômero de estireno (SM) na petroquímica de Triunfo (RS), alçada à nova capacidade de 420 mil toneladas/ano. O projeto mobilizou mais de R$ 500 milhões.

No primeiro semestre de 2018 foram concluídas as obras de mais uma linha para a produção da resina poliestireno expansível (EPS), duplicada à capacidade de 50.000 toneladas/ano. Isso foi realizado dois anos após o lançamento do produto.

No segmento dos transformados plásticos, mais ampliações: a terceira linha defabricação dos filmes plásticos de polipropileno biorientado (BOPP) oferece tecnologia capaz de fabricar variedades com até cinco camadas.

2018

2018

30 ANOS DE INVESTIMENTOS INTENSIVOS

A Companhia comemorou em 2018 seus 30 anos ao mesmo estilo de sempre: investindo intensivamente na ampliação de todas as áreas produtivas, com destaque para a duplicação da planta de monômero de estireno (SM) na petroquímica de Triunfo (RS), alçada à nova capacidade de 420 mil toneladas/ano. O projeto mobilizou mais de R$ 500 milhões.

No primeiro semestre de 2018 foram concluídas as obras de mais uma linha para a produção da resina poliestireno expansível (EPS), duplicada à capacidade de 50.000 toneladas/ano. Isso foi realizado dois anos após o lançamento do produto.

No segmento dos transformados plásticos, mais ampliações: a terceira linha defabricação dos filmes plásticos de polipropileno biorientado (BOPP) oferece tecnologia capaz de fabricar variedades com até cinco camadas.

2019

MONÔMERO DE ESTIRENO (SM): CAPACIDADE DUPLICADA.

Em 2019 foi concluída a duplicação da planta de monômero de estireno (SM) na petroquímica de Triunfo (RS), investimento de R$ 600 milhões que eleva a capacidade produtiva à 420 mil toneladas/ano.

Na área de tampas plásticas, foi implantada nova linha de fabricação destinada às águas minerais, mercado em franco crescimento.

A Companhia lança no Brasil o ECO-PS®, poliestireno com até 30% de material pós-consumo, de propriedades similares às do produto fabricado com 100% da resina virgem, obtido por reciclagem mecânica. O produto estará disponível no mercado em 2020.

A planta industrial do ECO-PS®, no Polo Industrial de Manaus, tem capacidade inicial de 12.000 toneladas por ano e a coleta do resíduo pós-consumo mobiliza uma frente socioambiental importante na região, tanto pela geração de renda quanto na despoluição da área urbana. A coleta seletiva será feita em parceria com projeto da Fundação Amazonas Sustentável (FAS).

Missão

Liderar em nossos negócios, oferecendo confiança e laços fortes aos clientes, postura sustentável ao meio-ambiente e desejado retorno aos acionistas.

Visão

Saber ouvir, desenvolver e entregar: há sempre uma necessidade clara.
Uma Companhia líder apresenta soluções.

Valores

Conduta comprometida e ilibada;
Capacidade de adaptação;
Foco total nas demandas do cliente.

Unidades

UNIDADE I, MANAUS (AM)
Av. Torquato Tapajós, 5555 – Tarumã
69041-025 Manaus AM
Tel.: +55 (92) 3878-9000

UNIDADE II, TRIUNFO (RS)
BR 386, Km 419, P. Petroq. do Sul
95853-000  Triunfo  RS
Tel.: +55 (51) 3457-5800

UNIDADE III, BARUERI (SP)
Av. Tamboré, 25 – Alphaville
06460-000 Barueri SP
Tel.: +55 (11) 4197-7000

UNIDADE IV, MANAUS (AM)
Av. Abiurana, 1616 – Distrito Industrial
69075-010 Manaus AM
Tel.: +55 (92) 2101-7800

Ficha Cadastral

Código de Conduta

Compliance

A Innova traz marcada em sua consciência corporativa a importância vital em trabalhar com a ética e no estrito
cumprimento às leis que se aplicam às nossas operações.

Incentivamos essa cultura, junto aos nossos colaboradores, nas ações concretas do dia a dia. E mais: ela se coloca como visão de mundo, no relacionamento com parceiros, fornecedores e meio social em que estamos inseridos.

Obtemos sucesso quando imbuímos nossos colaboradores de que o comportamento ético joga também um papel crucial na continuidade dos negócios. Ou seja:

Além de obrigatório, por princípio, é também estratégico.

Nesse sentido, os colaboradores buscam em nosso Código de Ética e Conduta caminhos para suas relações, num âmbito abrangente. É um trabalho vivo:

A Innova não somente apresenta o Código de Ética aos seus colaboradores como presta esclarecimentos em bases constantes, cotejando o texto com exemplos práticos das relações com clientes, fornecedores, agências governamentais, autoridades e comunidade em geral.

Nossa meta é que se façam reconhecidos como pessoas éticas e responsáveis, cumpridoras de seus deveres perante a sociedade em que vivem. Aliás, tal visão e autoconceito deverão coincidir com a imagem corporativa da Innova.

É também por esse motivo que procuramos trabalhar com fornecedores e clientes que atuem de acordo com os princípios e valores que nos são caros.

Acreditamos que, em sinergia, poderemos praticar e propagar valores como:

• O apoio e proteção aos direitos humanos;

• A segurança de não estarmos envolvidos em qualquer espécie de violação;

• A eliminação de toda forma de trabalho forçado ou compulsório;

• A abolição do trabalho infantil;

• A eliminação da discriminação de qualquer espécie no ambiente de trabalho ou fora dele;

• As iniciativas em abordagens preventivas para o meio ambiente;

• O desenvolvimento de tecnologias e produtos amigáveis ao meio ambiente;

• O combate incessante à corrupção, inclusive quaisquer tentativas de extorsão ou propina;

• O treinamento dos nossos colaboradores quanto aos princípios éticos e de Compliance;

• A difusão da legislação anticorrupção, para conhecimento e aprendizado.

A Innova acredita que essa é a forma sustentável de se fazer negócios, levando à comunidade em que atua exemplos de cidadania,
respeito ao meio ambiente e às leis de nosso País.

Isso deverá valer tanto quanto a alta tecnologia que utilizamos e os produtos que entregamos. Deverá também estar na raiz de nossa liderança.

Na essência, todo o trabalho em Compliance na Innova está voltado a colocar colaboradores diante da evidência de que há, de fato, a possibilidade de obter o sucesso prático almejado em sincronia com a produção de um mundo melhor.

Canal de Denúncias

A Innova oferece um canal independente  para acolher e apurar denúncias efetuadas por nossos colaboradores, clientes e fornecedores,
de quaisquer irregularidades que venham a observar.

O canal é externo à nossa organização e operado por empresa de renome mundial.

Estamos, com isto, atendendo à Lei Anticorrupção Brasileira, 12.846/2013, que trata das melhores práticas em Compliance.

Zelamos também pela proteção do denunciante oferecendo anonimato e segurança da informação.

Acreditamos, sobretudo, que transparência gera bem-estar.

Sua colaboração será muito valiosa para a Companhia.

As denúncias podem ser realizadas através dos seguintes canais:

www.resguarda.com/pt

canaldedenuncias@resguarda.com

Linha gratuita: 0800-891-4636